3/31/2014

Agenda do Mês de Abril


Data 02 – Quarta feira

Espetáculo O Carteiro
Horário do espetáculo: 15h
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: 50 min
Faixa etária indicada: 6 anos

Saiba Mais: A peça teatral O Carteiro, inspirado no livro "O Carteiro Chegou" de Allan Ahlberg, traz para a cena do teatro de sombras o cotidiano de um carteiro que entrega cartas no mundo encantado dos clássicos literários infantis. Alegre e bonachão, este personagem percorre com sua bicicleta por vales, florestas e até as nuvens e se depara com príncipes e princesas, ursinhos e até bruxa. Mas o Carteiro, não se intimida e faz todo o possível pra que as cartinhas cheguem ao seu destino. Embarque na garupa do carteiro e venha curtir essa emocionante aventura.


Data 03 – Quinta feira

Espetáculo Solamente Frida
Horário do espetáculo: 20h30
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: 1h15
Faixa etária indicada: 14 anos

Saiba Mais: A proposta da dramaturgia concentra-se nos aspectos humanos dessa personagem real para construir um espetáculo que faça emergir o que pode ultrapassar a condição de mito. O texto destaca aquilo em que o público pode se reconhecer: os limites do corpo, a luta pela vida, a entrega às paixões e a mente criadora que enfrenta as adversidades do mundo, em direção à transcendência pela arte. O espetáculo recorta alguns aspectos da vida de Frida, seja em imagens, seja em textos narrativos.


Data 04 – Sexta feira



Espetáculo Sargento Getúlio
Horário do espetáculo: 20h30
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: 1h
Faixa etária indicada: 12 anos

Saiba Mais: Getúlio Santos Bezerra, sargento sergipano, recebe a seguinte missão de um chefe político do estado: ele deve prender alguém e levar esse preso político de Paulo Afonso, na Bahia, a Aracaju, em Sergipe. É sua última missão, antes da pretensa aposentadoria. Contudo, as ordens são mudadas, o panorama política se altera e Getúlio recebe a contra-ordem de soltar o prisioneiro e sumir. Mas o sargento disse que ia levar o preso, que ia cumprir seu destino contra tudo e todos. Segue em desatino a incumbência que lhe foi dada de início.

Data 05 – Sábado

Espetáculo Mal-amados ou essa dor que me devora o coração
Horário do espetáculo: 20h30 e às 21h30
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: 40 min
Faixa etária indicada: 16 anos

Saiba Mais: Transmitido diretamente do Bar Caetité, o famoso programa da rádio brasileira O que é o amor? Nos conta histórias de amores e desamores do povo. Dosado entre a realidade e a ficção, o bar oferece ao público gostos de cachaça e amendoins. Pingado de boa música, o programa revela nossas literaturas íntimas e públicas. Venha passar uma noite agradável.


Data 06 – Domingo

Espetáculo Pife na manga
Horário do espetáculo: 20h30
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: livre
Faixa etária indicada: 1h

Saiba Mais:Formado em 2010, em Florianópolis, o Pife na Manga é uma das poucas bandas de pífanos (tipo de formação musical comum e tradicional em vários Estados do Nordeste brasileiro) existentes no Sul do país. Pífanos ou pifes são flautas rústicas, tipicamente brasileiras, confeccionadas em bambu ou taquara. A pesquisa do grupo e sua linguagem são influenciadas pelas bandas de pífano do Brasil e pelos diversos ritmos e manifestações da música popular brasileira como o frevo, baião, caboclinhos, xote, samba, maracatu, ijexá, coco, galope.


Data 07 – Segunda feira

Espetáculo Ana Cigana
Horário do espetáculo: 14h30 e às 16h
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: 40m
Faixa etária indicada: livre

Saiba Mais: Ana é uma cigana que encanta. Veste uma saia imensa, toda cheia de bolsinhos. Ela entra em cena interagindo com o público, brincando e cantando até chegar no palco. Traz consigo uma mala e diz que gosta muito de viajar. Por onde passa, Ana aprende músicas e histórias e ela guarda nos bolsos da sua saia todas as músicas e histórias que encontra pelo caminho. Num jogo entre curiosidade e descoberta, a personagem vai tirando uma história ou uma canção dos bolsos da saia e vai narrando esses contos da tradição oral e cantando e dançando essas músicas do folclore brasileiro de forma lúdica, performática e interativa.


Data 08 – Terça feira

Espetáculo Mal grupo água de vintém
Horário do espetáculo: 20h30
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: 50 min
Faixa etária indicada: livre

Saiba Mais: O Água de Vintém é hoje um dos principais destaques em meio à nova geração de músicos dedicados ao choro. Com um extenso currículo de shows importantes e participações em eventos de referência do gênero, o grupo apresentou-se ainda ao lado de nomes como Toninho Carrasqueira, Pedro Amorim, Alessandro Penezzi, Nailor Proveta, Toninho Ferragutti, Antônio Rocha, Ronaldo do Bandolim e Maurício Carrilho. Os músicos Vitor Casagrande (bandolim), Saulo Ligo (cavaco), Paula Borghi (violão), Guilherme Soares (violão de 7 cordas) e Xeina Barros (pandeiro) unem o trabalho de pesquisa e interpretação de compositores consagrados a uma sólida produção autoral. O disco de estréia do conjunto, “Café da Dona Chica”, foi lançado em 2013 pela Acari Records (RJ), a principal gravadora de choro no Brasil.

O Água de Vintém já apresentou-se no 51º Festival Villa-lobos (Rio de Janeiro), no I e II Festival de Choro de Avaré (2011 e 2012), Programa “Época de Ouro” da Rádio Nacional do Rio de Janeiro (Sala Funarte), I Semana da Música Instrumental de Louveira, prêmio Nabor Pires de Camargo (Indaiatuba), projeto Chorinho no Aquário (Santos), festival Painel Instrumental (Tatuí), projeto Tom Natural (Sorocaba), I Festival CURAU (Piracicaba), "Noite das Tradições" (Piracicaba), Festa das Nações (Piracicaba), SESI de Santana de Parnaíba e SESCs Interlagos, Ipiranga, Ribeirão, Carmo, Presidente Pudente, Araraquara, Piracicaba, Santos, Bertioga, Sorocaba, São Carlos e Bauru.   O conjunto leva ao público um panorama completo do universo do choro, com composições inéditas, obras pouco divulgadas dos maiores nomes do gênero e os clássicos imortais que nunca saem de moda. Com muito balanço e refinamento, as melodias passeiam entre solos de bandolim, violinha tenor e violão, além das serestas e sambas cantados pelos integrantes


Data 10 – Quinta feira

Espetáculo Bolsa Amarela
Horário do espetáculo: 15h30
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: 40 min
Faixa etária indicada: 8 anos

Saiba Mais: O espetáculo “Bolsa amarela” é mais uma montagem teatral do grupo Porto Cênico, dedicada à infância. Conta com a direção de Marcelo Souza (mesmo diretor do espetáculo O Menino do Dedo Verde) e atuação de Aline Barth e Caroline Carvalho. A produção fica por conta de Valéria de Oliveira. A montagem é livremente inspirada no livro “A bolsa amarela” de Lígia Bojunga. “Bolsa Amarela” conta a história de Raquel, criança que além de enfrentar as questões típicas da sua faixa etária, sente-se extremamente só, pois é a filha mais nova entre irmãos pelo menos dez anos mais velhos, é a única criança numa casa de adultos, vivendo em um mundo de adultos. Sem poder contar com a compreensão alheia, ela observa muito atentamente o que acontece a sua volta, e desenvolve o hábito de se corresponder com companheiros invisíveis e fictícios, a criar a história desses companheiros, para que por fim possa compreender melhor e poder escrever sua própria história de vida. É por meio de Raquel que conhecemos sua família, não em uma conversa com sua mãe ou irmão, mas numa narração dela sobre essa conversa. Vemos o mundo pela ótica dessa menina que inventa seu mundo. Ela questiona sua vida em conversas ou cartas trocadas com um personagem criado por ela. Ela dialoga consigo mesma. Com esse seu duplo inventado


Data 11 – Sexta feira

Show da Banda Nego Joe
Horário do espetáculo: 20h30
Valor ingresso: gratuito
Duração do espetáculo: 50 min
Faixa etária indicada: livre

Saiba Mais: Formada em 2004, a banda catarinense Nego Joe vem conquistando todo o Brasil. Composta pelos integrantes Nego, voz – guitarra – violão, Giba Moojen, bateria – samplers e Maykow Santos, baixo e voz. A banda apresenta um pop de qualidade que vem chamando atenção do público e crítica.  Em 2010, logo no lançamento do single “Um Ser Só - feat Seven Lox” o sucesso que o grupo atingiria começava a ser evidente. Com a participação dos africanos da Seven Lox, o remix do antigo sucesso da banda foi gravado e produzido no Rio de Janeiro por Juliano Cortuah, renomado produtor de nomes como Ivete Sangalo, Roberto Carlos e Fábio Júnior. A música – que ficou no topo das mais pedidas nas rádios durante meses - também virou um clipe, sob comando dos diretores Leonardo Felippi e Rodrigo Schaefe. Gravado em Balneário Camboriú, o clipe rapidamente ganhou destaque nos canais de internet (em um único canal do Youtube já somam quase 400 mil visualizações) e também estreou nas principais emissoras do gênero. O segundo single foi lançado no segundo semestre de 2010, intitulado “Give Me Love”.


Data 12 – Sábado

Espetáculo Peppa e George Pig -  infantil
Horário do espetáculo: 9h; 10h (esgotado); 14h (esgotado) e às 16h (esgotado)
Valor ingresso: Ingressos antecipados R$ 30,00 (até dia 10 de abril) a partir desta data R$ 60,00 inteira e R$ 30,00 meia 
Duração do espetáculo: 1h
Faixa etária indicada: livre

Saiba Mais: Peppa e sua família estão felizes e resolvem reviver suas melhores aventuras. Peppa Pig é um show de entretenimento lúdico que vai mexer com a fantasia e a imaginação infantil. Peppa é uma porquinha de cinco anos, ela é muito esperta e tem um irmãozinho de dois anos chamado George. Neste espetáculo cheio de cor e diversão vamos conhecer melhor George, e descobrir como ele ganhou o inseparável dinossauro de pelúcia dele. É o aniversário de George, ele esta fazendo dois anos, mas algo não esta indo bem, pois ele não consegue mais dormir sem a luz da casa do papai Pig esteja acesa. Pepe e resolve então  para ajudar seu irmão  organizar uma força tarefa para descobrir o que esta atrapalhando George. Pepa já foi assistido por mais  de 1 milhão de pessoas em todo o mundo, agora chega  a Itajaí para juntos cantar, dançar e pular muito, neste show que promete tirar até  os mais velhos da cadeira.  Peppa é formado por um elenco de oito profissionais entre técnicos e atores, a produção é bastante tenha cenários é bastante simples de manejar e tudo viaja com a produção.


Data 12 – Sábado

Show com Tiago Iorc -  Tour Zeski
Horário do espetáculo: 21h
Valor ingresso R$ 70,00 inteira e R$ 35,00 meia e convênios
Duração do espetáculo: 1h15
Faixa etária indicada: livre (menores de 12 anos só acompanhados)

Saiba Mais: A música brasileira sempre foi o principal item de exportação cultural do país junto com, em outros tempos gloriosos, o futebol. Raras vezes, porém, ela conseguiu superar a condição de animal exótico e mimetizar-se nos mercados estrangeiros como se fosse “local”, com as vantagens (inclusive de vendas) conferidas aos “locais”. A bossa nova conseguiu isso nos EUA, nos anos 60, mas ela mesma já era, como dizia a canção, uma influência do jazz americano. Nos 80, os Paralamas se aclimataram com sucesso na Argentina. Depois, o Sepultura sacudiu o mundo do metal como se estivesse em Minas. Mais recente e brevemente, o Cansei de Ser Sexy ensaiou virar cult planetário. A grande celebração à música e à figura de Tiago Iorc - um músico que traduz com excelência o meio termo entre grande artista e “gente como a gente”, seja no palco ou fora dele, uma postura perfeitamente contemporânea evitada por muitos sem metade do talento ou carisma que ele demonstra naturalmente.


Data 13 – Domingo

Espetáculo João e Maria na casa da bruxa
Horário do espetáculo: 16h
Valor ingresso: R$ 70,00(inteiro) - R$35.00 meia para estudantes, idosos, menores de 18 anos, e para quem levar 1kg de alimento não perecível.
Duração do espetáculo: 1h
Faixa etária indicada: livre


Saiba Mais: A história tal como a conhecemos dos Irmãos Grimm é uma versão esterilizada para a classe média do século XIX. O Texto adaptado para o teatro pela professora Maura Soares, mostra a aventura dos irmãos Joãozinho e Maria, netos de um pobre lenhador, e que moravam juntos no coração da floresta. Na tentativa de ajudar sue avó, Joãozinho e Maria saem de casa pela manha sem avisar pra buscar frutas e legumes na mata.  No caminho pela floresta, João e Maria espalham migalhas de pão. As migalhas, que é o detalhe mais conhecido e característico da obra, pois era pra marcar o caminho de volta, acabam por serem comidas pelos bichinhos da floresta, e com isso os dois irmãos acabam perdidos. Na tentativa de encontrar o caminho, as crianças avistam uma casa feita de doces e chocolates, e com fome, começam a comer as guloseimas. São então recolhidos pela dona da casa que se revela uma bruxa malvada e malcriada. Venha viajar pelo mundo da fantasia e da imaginação. A produção e direção geral do espetáculo são do veterano agitador cultural Valdir Dutra, que completou neste ano com seu grupo de teatro, 45 anos de trabalhos dedicados ao público infantil.



Data 25 – Sexta-feira

Show Beneficente com Luiz Vicetini e Zé Geraldo – Entre Amigos
Horário do espetáculo: 20h
Valor ingresso: R$ 35,00
Duração do espetáculo: 1h30
Faixa etária indicada: livre
Ingressos e outras informações:
contato@associacaomadreteresa.org.br / (47) 3249-9400 Ramal: 2240

Saiba Mais: Luiz Vicentini é itajaiense e vem conquistando o público com suas canções expressas em melodias simples e letras do cotidiano, em histórias cantadas com paixão e poesia e Zé Geraldo cantor e compositor mineiro, com mais de 30 anos de carreira, premiado em inúmeros festivais e reconhecido em todo o Brasil por suas belas canções.

O show beneficente irá angariar recursos para a construção do Complexo Madre Teresa, do Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen. A Associação Madre Teresa, organizadora do show, foi fundada no dia 19 de agosto de 2013 e é uma Sociedade Civil Organizada, apartidária, sem fins lucrativos, criada com o objetivo de dar suporte ao Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, em seus projetos voltados a melhorias e investimentos. 



Data 26 – Sábado 

Espetáculo: 100 dicas para arranjar namorado - CANCELADO
Uma nova data será agendada.



Data 27 – Domingo

Espetáculo: 100 dicas para arranjar namorado - CANCELADO
Uma nova data será agendada. 


Data 30 – Quarta-feira

International Jazz Day - Itajaí
Horário do espetáculo: 21h
Valor ingresso: R$ 60,00 (inteiro) e 30,00 (meia entrada)
Promoção: até 25 de abril R$ 30,00 / Sócios Clube do Assinante: R$ 25,00 / Músicos: R$ 20,00
Duração do espetáculo: 2h40
Faixa etária indicada: livre


Saiba Mais: No dia 30 de abril é comemorado o “International Jazz Day 2014”. A data, criada pela UNESCO em 2011, visa promover e destacar o papel do Jazz na união das pessoas e suas culturas. Neste ano, Osaka no Japão, será a cidade oficial do evento. No Brasil um dos quatro eventos oficiais será em Itajaí, no Teatro Municipal. A apresentação contará com a presença de músicos do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Dentre eles: Sérgio Coelho, Daniel Montero, Willian Goe, Peninha, Ozéias Rodrigues, Giovanni Sagaz, Jorginho do Trompete, Duda Cordeiro, Louise Lucena, Bárbara Damásio, Ana Paula da Silva, Evandro Hasse, Rapael Petry, Carlos Junior e Edilson Forte Tatú.


2/27/2014

Agenda do Mês de Março


Data 07 – Sexta feira

Espetáculo teatral Papel
Horário do espetáculo: 20h
Valor do ingresso: R$ 30,00
Duração do espetáculo: 60m
Faixa etária indicada: 14 anos

Saiba Mais: Um grupo de pessoas se descobre em crise e buscam compreender os seus diversos papéis.  Sem a presença de um autor, personagens divagam numa psique existencial, refletindo, indagando, deglutindo o exercício que é ser mais um personagem flutuante num universo de papéis sociais ou não!  A descoberta e a construção do papel nas diversas culturas. Uma dramaturgia onde o espaço entre ator e personagem é tão estreito que o cotidiano se confunde com a ficção. O gesto, o movimento, a voz e a palavra com significados distintos transformam a atuação híbrida do mentir cênico.



Data 09 – Domingo

Espetáculo Um passado difícil de esquecer
Horário do espetáculo: 20h
Valor do ingresso: R$ 10,00
Duração do espetáculo: 50m
Faixa etária indicada: Livre

Saiba Mais: Catarina uma senhora rica e cheia de sonhos, mas um tanto esquecida revive várias cenas de seu passado, estando em um constante ir e vir em sua vida, às lembranças chegam a ser tão reais que ela tem vários encontros com sua menina interna, ou seja, Catarina quando jovem, que lhe dá vários conselhos e a ajuda a vencer um mau muito comum e desconhecido, o mau de alzheimer... Isso facilita que alguns de seus familiares se aproveitam da situação, sua irmã adora usar artimanhas para extorquir Catarina que tem em seu filho seu grande tesouro! Empregados loucos e trapalhões, surpresas escondidas em cada cena e a necessidade de envelhecer com saúde, convida cada um de vocês a prestigiarem a comedia “um passado difícil de esquecer”.



Data 13 – Quinta feira

Espetáculo Abba History – Tributo 40 anos
Horário do espetáculo: 21h
Valor do ingresso: R$ 60
Duração do espetáculo: 1h30
Faixa etária indicada: 12 anos

Saiba Mais: Abba History é um tributo ao grupo sueco Abba, sucesso mundial desde os anos 70. O quarteto formado por Mari Moraes (Agnetha Fältskog), Patrícia Andrade (Anni-Frid Lyngstad), Diego Sena (Björn Ulvaeus) e Jheff Saints (Benny Andersson), além de marcar presença em todo o Brasil, esteve em turnê pelo Chile, encantando as plateias de Concepcion, Temuco e Santiago, em abril deste ano, de onde já despertou interesse em empresários europeus para seguir para lá, em breve!

Embora com uma linguagem mais contemporânea, o show é fiel ao original e promete emocionar os fãs de todas as gerações com performances, figurinos e coreografias em um espetáculo de uma hora e meia de pura magia. Na homenagem não faltam sucessos como “Dancing Queen”, “Mamma Mia”, “Chiquitita” e “The Winner Takes it All”.

Além disso, a apresentação também se destaca pelo acompanhamento musical, o quarteto é acompanhado pela banda liderada por Davi Fernandes (direção musical e teclado) e composta por Glauco de Almeida (baixo), Hugo Rafael (guitarra), Sandro Roque (bateria) e Jéssica Nascimento (backing vocal).

Os fãs e seguidores brasileiros do Abba têm agora no Brasil, a oportunidade de voltar no tempo, ver, ouvir e dançar os grandes hits, assistindo um show contagiante e inesquecível.



Data 15 – Sábado

Esse corpo meu?
Horário do espetáculo: 20h30
Valor: Entrada gratuita
Duração do espetáculo: 50 minutos
Faixa etária indicada: 16 anos

Saiba Mais: O que é feminino? O que masculino? O que é um corpo bonito? O que é ser normal? Esse corpo meu? O espetáculo discute os padrões sociais em que tentamos nos enquadrar todos os dias, para sermos aceitos, para sermos felizes. Dentro de uma linguagem performática, onde várias cenas são apresentadas sob forte impacto musical para formar um conjunto, a peça que investe no trabalho corporal dos atores e tem textos apenas em off, desfila, de uma maneira bem humorada, um panorama de conflitos sobre padrões de gênero, de beleza, de moda e do que sobra afinal, de original, em cada um de nós.



Data 16 - Domingo

Esse corpo meu?
Horário do espetáculo: 20h30
Valor: Entrada gratuita
Duração do espetáculo: 50 minutos
Faixa etária indicada: 16 anos

Saiba Mais: O que é feminino? O que masculino? O que é um corpo bonito? O que é ser normal? Esse corpo meu? O espetáculo discute os padrões sociais em que tentamos nos enquadrar todos os dias, para sermos aceitos, para sermos felizes. Dentro de uma linguagem performática, onde várias cenas são apresentadas sob forte impacto musical para formar um conjunto, a peça que investe no trabalho corporal dos atores e tem textos apenas em off, desfila, de uma maneira bem humorada, um panorama de conflitos sobre padrões de gênero, de beleza, de moda e do que sobra afinal, de original, em cada um de nós.



Data 19 – Quarta feira

Projeto Peep clássico Esquilo
Espetáculos: As suplicantes e os Persas
Horário do espetáculo: 20h30
Valor do ingresso: Gratuito
Duração do espetáculo: 50m
Faixa etária indicada: 18 anos

Saiba Mais: As suplicantes é a primeira peça de que temos registro, em toda a história do teatro. A obra nos proporciona a experimentação do dilaceramento de indivíduos pelos turbilhões incontroláveis das pulsões: a sexualidade como enigma indecifrável. Um grupo de mulheres, fugindo desesperadamente de um grupo de homens que querem desposá-las, buscam refúgio em um país estrangeiro. Já o espetáculo Os persas nos proporciona a fruição artística, pela guerra, de toda uma civilização, onde o gigantesco império persa, liderado por xerxes, é aniquilado pelos gregos.


                                                                                   
Data 20 – Quinta feira

Projeto Peep clássico Esquilo
Espetáculos: Sete contra Tebas e Prometeu
Horário do espetáculo: 20h30
Valor do ingresso: Gratuito
Duração do espetáculo: 50m
Faixa etária indicada: 18 anos

Saiba Mais: A obra Sete contra Tebas nos proporciona a experimentação da escolha deliberada pela morte como forma de nos irmanarmos ao medo do implacável. Um exército, comandado por sete guerreiros monstruosos, tenta invadir e destruir a cidade de Tebas. Já o espetáculo Prometeu é a proposição de uma habitação da vida (que ecoa a visão do filósofo pré-socrático heráclito) que se configura como alteridade radical em relação a nosso modo hegemônico de estruturação psíquica. Por dar o fogo aos homens, o deus Prometeu é acorrentado por outros deuses ao cume de uma montanha, onde deverá permanecer preso por toda a eternidade.



Data 21 – Sexta feira

Projeto Peep clássico Esquilo
Espetáculos : Orestéia I e  Orestéia II  
Horário do espetáculo: 20h30
Valor do ingresso: Gratuito
Duração do espetáculo: 50m
Faixa etária indicada: 18 anos

Saiba Mais: A trilogia Orestéia (composta por 3 tragédias: Agamêmnon; As Coéforas; As Eumênides) é a obra final de Ésquilo. Neste trabalho, o autor grego faz seu voto inevitável – posto que incontornável – em prol do caminhar para além da pulsão de morte: Não se trata aqui do retorno ao útero materno, mas sim da chegada a uma instância existencial para além do homem. No espetáculo Orestéia I o rei Agamêmnon retorna de Tróia, após ter vencido a guerra, e é assassinado por sua esposa, Clitemnestra. Já na obra Orestéia II Orestes, filho de Agamêmnon e Clitemnestra, volta a casa para vingar a morte de seu pai, assassinando a própria mãe, em seguida, sentindo a loucura se aproximar, foge.



Data 22 - Sábado

In Glee – Formandos Arte in cena
Horário do espetáculo: 20h30
Valor do ingresso: R$ 30,00
Duração do espetáculo: 90m
Faixa etária indicada: 12 anos

Saiba Mais: IN GLEE – é um espetáculo da Escola de Atores Arte in Cena. Estimuladas pelo seriado Glee, jovens artistas sonham em ter uma escola dramática de boa qualidade como a exemplo do seriado americano. A intensidade desse sonho é tão incomum que muitas coisas começam a mudar na vida delas. Uma noite repleta de boas energias em que a arte da interpretação é uma grande alegria, este é o significado da palavra GLEE. Com monólogos dramáticos e cômicos realizados pelos alunos e pelos formandos: Gleiciane Felício, Malu Aragão e Gabriel Tufi, o espetáculo está imperdível e promete surpresas.



Data 23 - Domingo

Espetáculo: Beatles 4ever o sonho não acabou
Horário do espetáculo: 21h
Valor do ingresso: R$ 60, inteira – R$ 30, meia – R$ 30,00 convênios para clientes do clube do assinante, supermercado imperatriz
Duração do espetáculo: 2h
Faixa etária indicada: Livre

Saiba Mais: A primeira banda couver do Brasil, Beatles 4ever, é um espetáculo musical que conta em detalhes a trajetória da banda mais importante de todos os tempos, Os Beatles. Desde a sua estreia, a banda já se apresentou em todos os estados brasileiros ultrapassando a marca de 6.000 shows. O espetáculo é marcado pela fidelidade com que os integrantes apresentam a história dos "fab four”. Todas as roupas e adereços são réplicas fiéis dos figurinos que Os Beatles usavam na época. A maioria dos instrumentos é da mesma época dos instrumentos usados por eles, o que torna a sonoridade idêntica às gravações originais.


Data 29 – Sábado
Noite cultural - Sesi
Atrações: Uma viagem para encantar (Cia. Mutua) +  Grupo de dança Milleniun
Horário do espetáculo: 19h
Valor do ingresso: Gratuitos
Duração do espetáculo: 2h
Faixa etária indicada: Livre
Observação: Evento Fechado

Saiba Mais: O espetáculo “uma viagem para se encantar” une as artes teatrais, a música e o teatro de formas animadas em uma “contação de história”, contada por três mulheres lavadeiras. A base inspiradora deste espetáculo é o livro de mesmo título de Francisco Alexsandro da Silva, premiado em 1º lugar no concurso Ana Maria Machado de dramaturgia (2009). Em cena, as lavadeiras, ao mesmo tempo, que estão em sua lida e trabalho coletivo diário também cantam o sonho de um menino que sai do interior em busca do mar. Este menino servirá como exemplo para desvendar os seus próprios “sertões interiores” que as impedem ou que as motivam a irem em busca dos seus próprios sonhos. 

O espetáculo propicia o contato do público com a “diversidade sonora das expressões da cultura popular brasileira como ijexá, samba, cacuriá, ciranda”. Um convite às lembranças das cantigas de infância e cantos populares. A técnica musical é inspirada na pesquisa de sonoridades vocais e instrumentais presentes nos cantos de trabalho e canto caboclo, como as rendeiras, (Florianópolis) que trabalham juntas e mantém viva algumas cantorias, por meio da “ratoeira”, brincadeira muito específica da região cantada mais mulheres para o “enamorar”. Também as lavadeiras de Almenara (MG) e das destaladeiras de fumo de Arapiraca (AL) (canto de trabalho) e a aldeia Kariri-xocó/al (canto caboclo). 

O grupo realizou em janeiro de 2014 uma vivência nas comunidades citadas por meio do prêmio Elisabete Anderle (2013), além de uma oficina de “Mímesis Corpórea” com Raquel Scotti Hirson do grupo Lume (SC) para composição das personagens. Estas diferentes comunidades possuem em comum o hábito de cantar no trabalho coletivo, regadas a contações de estórias que de geração em geração são compartilhadas pela tradição oral. Desta forma, o ato de cantar das personagens ganha força orgânica neste espetáculo de “cantação de história”, que contará as suas próprias histórias e o sonho de um menino. Também está presente o teatro de formas animadas. Neste sentido, o menino ganha vida por meio de elementos cênicos que compõem a lida diária de trabalho destas mulheres, assim como a música instrumental também será muitas vezes seus próprios instrumentos de trabalho do cenário. Para direção cênica geral e técnicas de teatro de animação, o grupo se serve do profissional já experiente nesta área, Guilherme Peixoto, (Cia Mútua). Na direção vocal, Cris Muller, atual regente do conservatório de música de Itajaí e na direção instrumental, Eduardo Moore (Tiriba), pesquisador percussionista e ritmista. O cenário é do artista plástico Mauro Sérgio Santos.