2/01/2017

PRÓXIMAS ATRAÇÕES DO TEATRO

ESTREIA DO ESPETÁCULO “APARTAMENTO 401”
Proponente
: GRUPO TEATRAL PORTO CÊNICO
Data: 19 de abril
Entrada: (somente para convidados)
Duração: 58 minutos
Faixa Etária Indicada: maiores de 16 anos
Sinopse: Dor. Perda. Angústia. Solo que se desdobra a partir do conceito de solidão, teve disparador do processo criativo a questão “qual é a situação mais solitária pela qual alguém pode passar?” que nos levou a resposta “dar uma festa de aniversário onde ninguém, amigos, amantes, filhos, família, comparecerá”, sobre a qual a encenação será construída. Mas porque do abandono dessa mulher? Uma pesquisa anterior do diretor deste trabalho era encenar possibilidades do que aconteceu com personagens trágicas após os desfechos destas, apresentados pelos textos teatrais. Esta pesquisa foi assimilada a dramaturgia original de “Apto 401” como forma de expandir o conceito do trabalho e justificar a solidão posta em cena. Essa mulher pode ter sido Lady Macbeth que elaborou e executou junto ao marido a morte do Rei; Ofélia, que se matou e se em cena se apresenta como fantasma; ou pode ter sido Medéia, que matou o rei (seu pai), e os próprios filhos. Prática comum a encenação contemporânea, não buscamos apresentar uma síntese ao público, mas sugerir possibilidades para que este crie a própria narrativa do que experimentou. A disposição da plateia é semi-arena e o público assume personagens significantes para a dramaturgia. No começo do espetáculo este é dividido em “Filhos mortos de Médeia” - pessoas menores de 27 anos -, “Irmãs em luto de Ofélia” - mulheres – e “Ex-maridos de Lady Macbeth” - homens, então são convidados a se acomodarem em uma das três arquibancadas correspondentes.

QUARTA CULTURAL (espetáculo ainda indefinido)
Data: 20 abril

UMA NOITE COM SR. BARRIGA
Proponente:
 Agência HAUSEN
Data: 22 de abril
Horário: 20h
Entrada: R$ 100,00 (Promoção R$ 70,00 doando 2kg de alimentos)
Duração: 1h10
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: Já chegou o disco voador! Diretamente do México, o carismático Senhor Barriga, interpretado pelo supercomediante Edgar Vivar, estará pela primeira vez em Itajaí para cobrar o aluguel... Digo, para um encontro emocionante com os fãs das séries “Chaves” e “Chapolin”! Conhecido pelos bordões "Tinha que ser o Chaves de novo!" ou o incansável "Pague o aluguel!", o simpático e bonachão "dono da vila" contará histórias e curiosidades das gravações, cantará algumas músicas do seriado, exibirá vídeos exclusivos dos bastidores de Chaves e Chapolin e ainda responderá as perguntas da plateia. Os fãs terão a chance de ver o querido Senhor Barriga no palco sendo interpretado por este grande ator que conquistou o Brasil há mais de 30 anos

MALÉVOLA
Proponente: IPC PRODUÇÕES E ESCOLA DE ATORES ARTE IN CENA LTDA
Data: 24 de abril
Horário: 20h
Entrada: R$ 50,00
Duração: 50m
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: MALÉVOLA, baseado no clássico conto de A Bela Adormecida e no filme Malévola, a produção teatral traz a temida vilã e sua verdadeira história. Traída por Stefan que cortas suas asas para conseguir se tornar rei, Malévola prepara a sua vingança atingindo a recém-nascida Aurora.

4/14/2016

Nesta sexta tem 50 Tons de Loucura no Teatro Municipal


Uma reflexão bem humorada sobre o que está surgindo no mundo e enlouquecendo as pessoas, como os inseparáveis smartphones. Além deles, o estresse, a neurose e as pesquisas são assuntos que provocam gargalhadas na peça “50 tons de loucura”, em cartaz nesta sexta-feira (15), no Teatro Municipal de Itajaí, às 21 horas. Ingressos à venda na Bilheteria do Teatro e no site blueticket.com.br.

No espetáculo, os atores Anselmo Vasconcellos e Laura Proença falam sobre as loucuras da vida nos dias de hoje e fazem uma bem humorada crítica às situações pelas quais passam, tentando harmonizar a vida com as loucuras do cotidiano.

A montagem “50 tons de loucura”, que inclui música e coreografia descontraída, é composta por esquetes, onde o casal brinca com as coisas que estão surgindo no mundo e que, na visão deles, enlouquecem as pessoas.

Coisas como a figura do personal que veio pra dizer que não sabemos nada, o personal live (life coach), o especialista do sono – que ensina como dormir, o personal que ensina como escovar os dentes, como se enxugar, o personal stylist que te ensina como se vestir.

O casal brinca com o fato de descobrirem até que não sabem fazer sexo, não sabem andar – precisam consultar um personal postura – não sabem se vestir e acabam concluindo que o casamento – a escolha do cônjuge – e a profissão são alguns dos vilões que provocam as maluquices da atualidade.

Ficha técnica: Com Anselmo Vasconcellos e Laura Proença
Texto: Antônio Dias
Direção: Anselmo Vasconcellos
Figurinos: Laura Proença e Anselmo Vasconcellos
Trilha: Lô Miranda


Serviço:
Stand Up Comedy “50 tons de loucura”, com Anselmo Vasconcellos e Laura Proença
Dia 15 de abril (sexta-feira), às 21 horas
Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia) – à venda na bilheteria do teatro ou site blueticket.com.br
Teatro Municipal de Itajaí (Rua Gregório Chaves, 110 – B. Fazenda)

------------------------------

Informações adicionais:
Produção local: Subjétil Comunicação e Produção Cultural
Contato: 9914-7396 e 9654-9105

3/30/2016

Agenda do Teatro - Abril de 2016

O RAPTO DAS CEBOLINHAS
Proponente: Anchieta Arte Cênica – AECA
Data: 10 de abril
Horário:16h
Entrada: R$ 40,00
Duração: 1h
Faixa Etária Indicada: acima de 4 anos
Sinopse: Vovô Felício está orgulhoso com a sua mais nova descoberta: as Cebolinhas da Índia. E o chá destas cebolinhas é rejuvenescedor. Sim, elas são capazes de fazer velhinhos rejuvenescerem e isto seria um marco na história da humanidade! Porém estas cebolinhas não estão à salvas, pois elas serão alvos de um terrível rapto! Vovô Felício, então, passa a contar com a ajuda de seus fiéis netinhos Lúcia e Maneco. Mas quem terá sido o ladrão? Nesse caso, convoca-se uma reunião com todos os moradores do sítio:  
- Florípedes! - Miau, miau, miau? - Simeão! - Ió, ió, ió? - Você também Gaspar! - Au, au au au au au au!
Pronto. Todos reunidos! E agora? Será que um dos moradores terá raptado a cebolinha? E é nesse momento que surge o detetive Camaleão Alface. Formado em “detetivologia” pela Universidade de Michigan. Mas esse detetive está mais do que suspeito... Quem terá sido o ladrão? Será que Lúcia e Maneco conseguirão salvar a cebolinha raptada do vovô? Florípedes, Simeão e Gaspar conseguirão ajudar a prender o vilão? Vamos aguardar e torcer para que tudo dê certo. Nem vovô Felício e nem nós sossegaremos sem este caso estar resolvido.

50 TONS DE LOUCURA
Proponente
: SUBJÉTIL COMUNICAÇÃO E PRODUÇÃO
Data: 15 de abril
Horário: 21h
Entrada: R$ 60,00
Duração: 1h
Faixa Etária Indicada: acima de 15 anos
Sinopse: 50 Tons de Loucura conta a história de um casal que foi passar uma lua-de-mel no marrocos. Após um divertido musical, os atores Anselmo Vasconcellos e Laura Proença fazem uma narrativa engraçada do que aconteceu por lá. O casal fala sobre as loucuras da vida nos dias de hoje e fazem uma divertida crítica das situações de vida pelas quais passam, tentando harmonizar a vida com as loucuras do cotidiano. Fazem pequenos esquetes para mostrar como funcionam esses vários “tons de maluquice” e usam algumas músicas para frisar a graça e o absurdo de nossas vidas escravizadas pela loucura de querer encontrar o modo ideal de se viver bem.

ESTREIA DO ESPETÁCULO “APARTAMENTO 401”
Proponente
: GRUPO TEATRAL PORTO CÊNICO
Data: 19 de abril
Entrada: (somente para convidados)
Duração: 58 minutos
Faixa Etária Indicada: maiores de 16 anos
Sinopse: Dor. Perda. Angústia. Solo que se desdobra a partir do conceito de solidão, teve disparador do processo criativo a questão “qual é a situação mais solitária pela qual alguém pode passar?” que nos levou a resposta “dar uma festa de aniversário onde ninguém, amigos, amantes, filhos, família, comparecerá”, sobre a qual a encenação será construída. Mas porque do abandono dessa mulher? Uma pesquisa anterior do diretor deste trabalho era encenar possibilidades do que aconteceu com personagens trágicas após os desfechos destas, apresentados pelos textos teatrais. Esta pesquisa foi assimilada a dramaturgia original de “Apto 401” como forma de expandir o conceito do trabalho e justificar a solidão posta em cena. Essa mulher pode ter sido Lady Macbeth que elaborou e executou junto ao marido a morte do Rei; Ofélia, que se matou e se em cena se apresenta como fantasma; ou pode ter sido Medéia, que matou o rei (seu pai), e os próprios filhos. Prática comum a encenação contemporânea, não buscamos apresentar uma síntese ao público, mas sugerir possibilidades para que este crie a própria narrativa do que experimentou. A disposição da plateia é semi-arena e o público assume personagens significantes para a dramaturgia. No começo do espetáculo este é dividido em “Filhos mortos de Médeia” - pessoas menores de 27 anos -, “Irmãs em luto de Ofélia” - mulheres – e “Ex-maridos de Lady Macbeth” - homens, então são convidados a se acomodarem em uma das três arquibancadas correspondentes.

QUARTA CULTURAL (espetáculo ainda indefinido)
Data: 20 abril

UMA NOITE COM SR. BARRIGA
Proponente:
Agência HAUSEN
Data: 22 de abril
Horário: 20h
Entrada: R$ 100,00 (Promoção R$ 70,00 doando 2kg de alimentos)
Duração: 1h10
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: Já chegou o disco voador! Diretamente do México, o carismático Senhor Barriga, interpretado pelo supercomediante Edgar Vivar, estará pela primeira vez em Itajaí para cobrar o aluguel... Digo, para um encontro emocionante com os fãs das séries “Chaves” e “Chapolin”! Conhecido pelos bordões "Tinha que ser o Chaves de novo!" ou o incansável "Pague o aluguel!", o simpático e bonachão "dono da vila" contará histórias e curiosidades das gravações, cantará algumas músicas do seriado, exibirá vídeos exclusivos dos bastidores de Chaves e Chapolin e ainda responderá as perguntas da plateia. Os fãs terão a chance de ver o querido Senhor Barriga no palco sendo interpretado por este grande ator que conquistou o Brasil há mais de 30 anos

MALÉVOLA
Proponente: IPC PRODUÇÕES E ESCOLA DE ATORES ARTE IN CENA LTDA
Data: 24 de abril
Horário: 20h
Entrada: R$ 50,00
Duração: 50m
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: MALÉVOLA, baseado no clássico conto de A Bela Adormecida e no filme Malévola, a produção teatral traz a temida vilã e sua verdadeira história. Traída por Stefan que cortas suas asas para conseguir se tornar rei, Malévola prepara a sua vingança atingindo a recém-nascida Aurora.

APARTAMENTO 401
Proponente
: GRUPO TEATRAL PORTO CÊNICOData: 26 de abril
Horário: 20h37
Entrada: (somente para convidados)
Duração: 58 minutos
Faixa Etária Indicada: maiores de 16 anos
Sinopse: Dor. Perda. Angústia. Solo que se desdobra a partir do conceito de solidão, teve disparador do processo criativo a questão “qual é a situação mais solitária pela qual alguém pode passar?” que nos levou a resposta “dar uma festa de aniversário onde ninguém, amigos, amantes, filhos, família, comparecerá”, sobre a qual a encenação será construída. Mas porque do abandono dessa mulher? Uma pesquisa anterior do diretor deste trabalho era encenar possibilidades do que aconteceu com personagens trágicas após os desfechos destas, apresentados pelos textos teatrais. Esta pesquisa foi assimilada a dramaturgia original de “Apto 401” como forma de expandir o conceito do trabalho e justificar a solidão posta em cena. Essa mulher pode ter sido Lady Macbeth que elaborou e executou junto ao marido a morte do Rei; Ofélia, que se matou e se em cena se apresenta como fantasma; ou pode ter sido Medéia, que matou o rei (seu pai), e os próprios filhos. Prática comum a encenação contemporânea, não buscamos apresentar uma síntese ao público, mas sugerir possibilidades para que este crie a própria narrativa do que experimentou. A disposição da plateia é semi-arena e o público assume personagens significantes para a dramaturgia. No começo do espetáculo este é dividido em “Filhos mortos de Médeia” - pessoas menores de 27 anos -, “Irmãs em luto de Ofélia” - mulheres – e “Ex-maridos de Lady Macbeth” - homens, então são convidados a se acomodarem em uma das três arquibancadas correspondentes.

APARTAMENTO 401
Proponente:
GRUPO TEATRAL PORTO CÊNICO
Data: 27 de abril
Horário: 20h37
Entrada: R$ 40,00 (público limitado: 150 pessoas)
Duração: 58 minutos
Faixa Etária Indicada: maiores de 16 anos
Sinopse: Dor. Perda. Angústia. Solo que se desdobra a partir do conceito de solidão, teve disparador do processo criativo a questão “qual é a situação mais solitária pela qual alguém pode passar?” que nos levou a resposta “dar uma festa de aniversário onde ninguém, amigos, amantes, filhos, família, comparecerá”, sobre a qual a encenação será construída. Mas porque do abandono dessa mulher? Uma pesquisa anterior do diretor deste trabalho era encenar possibilidades do que aconteceu com personagens trágicas após os desfechos destas, apresentados pelos textos teatrais. Esta pesquisa foi assimilada a dramaturgia original de “Apto 401” como forma de expandir o conceito do trabalho e justificar a solidão posta em cena. Essa mulher pode ter sido Lady Macbeth que elaborou e executou junto ao marido a morte do Rei; Ofélia, que se matou e se em cena se apresenta como fantasma; ou pode ter sido Medéia, que matou o rei (seu pai), e os próprios filhos. Prática comum a encenação contemporânea, não buscamos apresentar uma síntese ao público, mas sugerir possibilidades para que este crie a própria narrativa do que experimentou. A disposição da plateia é semi-arena e o público assume personagens significantes para a dramaturgia. No começo do espetáculo este é dividido em “Filhos mortos de Médeia” - pessoas menores de 27 anos -, “Irmãs em luto de Ofélia” - mulheres – e “Ex-maridos de Lady Macbeth” - homens, então são convidados a se acomodarem em uma das três arquibancadas correspondentes.

APARTAMENTO 401
Proponente:
GRUPO TEATRAL PORTO CÊNICO
Data: 28 de abril
Horário: 20h37
Entrada: R$ 40,00 (público limitado: 150 pessoas)
Duração: 58 minutos
Faixa Etária Indicada: maiores de 16 anos
Sinopse: Dor. Perda. Angústia. Solo que se desdobra a partir do conceito de solidão, teve disparador do processo criativo a questão “qual é a situação mais solitária pela qual alguém pode passar?” que nos levou a resposta “dar uma festa de aniversário onde ninguém, amigos, amantes, filhos, família, comparecerá”, sobre a qual a encenação será construída. Mas porque do abandono dessa mulher? Uma pesquisa anterior do diretor deste trabalho era encenar possibilidades do que aconteceu com personagens trágicas após os desfechos destas, apresentados pelos textos teatrais. Esta pesquisa foi assimilada a dramaturgia original de “Apto 401” como forma de expandir o conceito do trabalho e justificar a solidão posta em cena. Essa mulher pode ter sido Lady Macbeth que elaborou e executou junto ao marido a morte do Rei; Ofélia, que se matou e se em cena se apresenta como fantasma; ou pode ter sido Medéia, que matou o rei (seu pai), e os próprios filhos. Prática comum a encenação contemporânea, não buscamos apresentar uma síntese ao público, mas sugerir possibilidades para que este crie a própria narrativa do que experimentou. A disposição da plateia é semi-arena e o público assume personagens significantes para a dramaturgia. No começo do espetáculo este é dividido em “Filhos mortos de Médeia” - pessoas menores de 27 anos -, “Irmãs em luto de Ofélia” - mulheres – e “Ex-maridos de Lady Macbeth” - homens, então são convidados a se acomodarem em uma das três arquibancadas correspondentes.

MANOTAS MUSICAIS – GRUPO TRAMPULIM
Proponente:
SESC – Setor de Cultura
Data: 29 de abril
Horário: 16h
Entrada: Gratuito
Duração: 75m
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: Manotas Musicais – Grupo Trampulim (Belo Horizonte/MG). Manotas Musicais usa a música como ferramenta de jogo para o palhaço. Com um repertório eclético, jogos musicais e gags tradicionais de palhaço, o espetáculo é uma jornada recheada de humor, diversão e muitas surpresas.

MOSTRA DE ARTES ENCONTRARTE
Proponente:
Ubiratan Costa dos Santos Mendes - Projeto Nossa Arte
Data: 30 de abril
Horário: 20h
Entrada: R$ 20,00
Duração: duas horas
Faixa Etária Indicada: Livre
Sinopse: O ENCONTRARTE 2016 Trata-se de uma mostra de artes aberta de Itajaí e região. Lembramos que a cultura hoje é reconhecida pelo Minc e tem espaço considerável dentro de seus projetos. Os projetos sociais muitas vezes encontram resistência para participarem de grandes eventos, pois não conseguimos expor seus trabalhos, devido as dificuldades Financeiras em inscrições de festivais que fogem a realidade dos mesmos. Sendo assim, vê-se necessário a realização desta mostra para que possa possamos expor tanto os nossos trabalhos, como os trabalhos dos grupos da região. Nos últimos anos o Projeto Nossa Arte – PNA, tem ministrado oficinas gratuitas a outros grupos tanto da cidade de Itajaí como também em outros municípios da região e outros estados. Nosso grupo tem sido referência para estes grupos especiais, principalmente no Hip Hop e Dança Livre. Nosso objetivo é ajudar estes grupos a crescerem em técnica e excelência, aproveitando este evento para troca de experiências. Durante estes onze anos foram mais de mil bailarinos, entre crianças e adolescentes beneficiadas com estas trocas de experiências.

3/16/2016

Monólogo “A Rainha do Rádio” chega a Itajaí pela primeira vez


Depois de quase quarenta anos na estrada com produção inclusive no cinema, o espetáculo teatral “A Rainha do Rádio” vai desembarcar no município de Itajaí. Escrito por José Saffioti Filho em 1976, o monólogo estará em cartaz no Teatro Municipal de Itajaí, em única sessão às 20h30, no sábado (18). Com direção geral do renomado Gil Guzzo – paulista radicado em Florianópolis, a obra tem no elenco a atriz e idealizadora do projeto Mariane Feil, o figurinista José Henrique Beirão, e o gaúcho Régius Brandão – convidado para as vozes.

A peça conta sobre a radialista Adelaide Fontana, que demitida após 25 anos de casa, quando comandava o “Suspiros ao meio-dia”, resolve invadir e se trancar no estúdio da Rádio Esperança para fazer um programa especial. Ambientado em 1974, tempo de ditadura militar brasileira e repressão aos meios de comunicação e às manifestações artísticas, entre sucessos musicais, ela revela aos ouvintes com humor e ironia os reais motivos de sua saída.

Veiculado à meia noite, em contraponto ao horário anterior, ao invés de poesias com baixíssimo índice de audiência – a tal justificativa para a sua saída, Adelaide fala como bem entende sobre as alegrias e mazelas da sua vida, além de desafiar os poderosos da cidade, contando os “podres” e apontando a hipocrisia que a cercava. O espetáculo fala dos limites impostos às mulheres, principalmente as que ousavam desafiar o autoritarismo da época.

Embora escrita em 1976, o autor permitiu que o texto não envelhecesse, com diversas montagens no Brasil e no exterior. A estreia foi no mesmo ano em São Paulo com atuação de Cleyde Yaconis e direção de Antonio Abujamura, e devido à censura, a parte política precisou ser cortada. Em 81, chegou às telonas com o diretor Luís Fernando Goulart e os atores Beyla Genauer e Paulo Guarnieri."Dirigir um espetáculo que tem um lugar importante na história do teatro é um grande privilégio. Porque ele foi escrito e encenado pela primeira vez num Brasil ainda dominado pelos militares e continua absolutamente atual trazendo à tona assuntos que ainda e cada vez mais precisam ser discutidos. E também porque é um texto forte que coloca toda e qualquer discussão num nível acima do senso comum", ressalta Gil Guzzo.

O espetáculo – licenciado pela SBAT – Sociedade Brasileira de Autores, é uma realização da Esfera Produções Artísticas com patrocínio do Edital Elisabete Anderle, Funcultural, Fundação Catarinense de Cultura e Governo de Santa Catarina; apoio de mídia da Plus OK, Clube DC, Clube ND e b2b; e apoio institucional da Aktoro – Escola de Formação de Atores, Clube Recreativo Catarinense Corintians, Teatro do Desequilíbrio, Estação Web e Quality Serviços Contábeis.

Serviço:
Quando:
18 de março de 2016 (sexta-feira)
Onde: Teatro Municipal de Itajaí (Rua Gregório Chaves, 111 – Bairro Fazenda)
Horário: 20h30
Quanto: R$ 40 (inteira)/ R$20 (meia)
Duração: 1h15
Classificação Indicativa: 16 anos
Ingressos Antecipados: Bilheteria do Teatro Municipal de Itajaí ou pelo site Ingresso Nacional.com.br
Produção local: Subjétil Comunicação e Produção Cultural

__________________

Informações Adicionais
Subjétil Comunicação e Produção Cultural
(47) 9654-9105 tim
(47) 9914-7396 vivo

3/09/2016

Turnê em homenagem ao Bee Gees & Queen chega a Itajaí


Nesta quarta-feira (09), o Teatro Municipal de Itajaí recebe o maior tributo da América Latina às bandas Bee Gees & Queen. Diretamente da Argentina, a produtora Base Entretenimento traz o espetáculo às 20h30, com duas horas de duração. A entrada custa R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 a meia, e pode ser adquirida online pelo site da blueticket. A faixa etária indicada é livre.

O grupo hermano responsável pelo tributo é o Los Kalas, composto por Facu DelDago, Nahuel DelDago, Daniel Ortiz, Jorge Ortiz e Luis Rmirez. No repertório, canções das bandas U2, Guns N Roses, Red Hot Chilli Pepers, Beatles, Bob Marley, Bon Jovi, Led Zeppelin, dentre outros.

No tributo “Bee Gees & Queen”, o grupo se destaca, impressionando o público pela fidelidade no som e na presença de palco. O espetáculo apresenta os melhores clássicos num show eletrizante, que está em turnê mundial no ano de 2016, e além de Itajaí, passará por Blumenau, Joinville, Brusque, Balneário Camboriú, Florianópolis, Pomerode e Curitiba.

A banda Bee Gees foi formada pelos irmãos Barry, Robin e Maurice Gibb, fazendo sucesso desde 1966. Venderam aproximadamente 250 milhões de discos, sendo uma das bandas que mais arrecadaram na história da música, e considerados por grande parte da crítica a segunda maior banda da história, atrás apenas dos Beattles.

A banda de rock Queen foi fundada em 1970, por Brian May, Freddie Mercury, John Deacon e Roger Taylor. Lançaram hits conhecidos mundialmente, como “We Will Rock You”, “We Are The Champions”, dentre outras. A banda é uma das recordistas de vendas de disco a nível mundial, conhecida também por ser altamente eclética.


Serviço:
Espetáculo BEE GESS & QUEEN
Data:
09
Horário: 20h30
Entrada: R$ 40,00
Duração: 2h
Faixa Etária Indicada:
livre

__________________

Informações Adicionais:
Base Entretenimento
(47) 9655-3890
falecombaseprodutora@gmail.com

2/26/2016

Agenda do Teatro - Março de 2016

LABORATÓRIO CENA CONTEMPORÂNEA
Espetáculo "Tomara que não chova ou a incrível história do homem que se transformou em cachorro
Proponente: Téspis Cia de Teatro
Data: 02
Horário: 19h
Entrada: Gratuito (100 pessoas por sessão)
Duração: 50m
Faixa Etária Indicada: acima de 12 anos
Sinopse: Um homem desempregado há muito tempo, encontra como única oportunidade de trabalho se tornar "cachorro do vigia noturno". Ciente de suas necessidades e convicto de não ceder às pressões que a nova profissão apresenta, o homem aceita o trabalho. Mas a chuva o obriga a se sujeitar à condições degradantes. Quando tempo será necessário para que ele se acostume com essa nova condição? E depois que ele adquira esse hábito, será possível voltar a ser homem?

LABORATÓRIO CENA CONTEMPORÂNEA
Espetáculo
"Tomara que não chova ou a incrível história do homem que se transformou em cachorro”
Proponente: Téspis Cia de Teatro
Data: 02 de março
Horário: 21h
Entrada: Gratuito (100 pessoas por sessão)
Duração: 50m
Faixa Etária Indicada: acima de 12 anos
Sinopse: Um homem desempregado há muito tempo, encontra como única oportunidade de trabalho se tornar "cachorro do vigia noturno". Ciente de suas necessidades e convicto de não ceder às pressões que a nova profissão apresenta, o homem aceita o trabalho. Mas a chuva o obriga a se sujeitar à condições degradantes. Quando tempo será necessário para que ele se acostume com essa nova condição? E depois que ele adquira esse hábito, será possível voltar a ser homem?

LABORATÓRIO CENA CONTEMPORÂNEA
Espetáculo
"Hipotermia" (Teatro Sim!!!Por Que Não?! de Florianópolis/SC)
Proponente: Téspis Cia de Teatro
Data: 03
Horário: 20h
Entrada: Gratuito
Duração: 60m
Faixa Etária Indicada: acima de 18 anos
Sinopse: Hipotermia expõe as contradições vividas por um homem psicologicamente perturbado por seus desejos diante do desalento da morte. Imerso em um trágico processo de perda das ilusões e anseios, percebe que a morte é um simples gesto da vida cotidiana.

LABORATÓRIO CENA CONTEMPORÂNEA
Leitura do texto "Índice 22"

Proponente: Téspis Cia de Teatro
Data: 04
Horário: 20h
Entrada: Gratuito - Número de público limitado (100 pessoas)
Duração: 60m
Faixa Etária Indicada:
acima de 18 anos
Sinopse: Leitura do texto "Índice 22" (de Max Reinert) pela atriz e diretora Juliana Galdino (Club Noir / São Paulo/SP)
O que nos define como pessoas? As experiências que nos acontecem no momento presente ou as memórias que acontecem após o acontecimento? Em um mundo cheio de imagens e cenários possíveis, necessitamos que algo nos aconteça para termos a impressão de estarmos vivos. Por quanto tempo será possível manter-se vivo?

LABORATÓRIO CENA CONTEMPORÂNEA
Espetáculo
"Meteoros" (Téspis Cia de Teatro/Itajaí/SC)
Proponente: Téspis Cia de Teatro
Data: 05
Horário: 19h
Entrada: Gratuito (100 pessoas por sessão)
Duração: 50m
Faixa Etária Indicada: acima de 18 anos
Sinopse: Duas personagens que repetem um discurso dado por outros.
Duas pessoas que são portadoras de um ofício terrível. Morrer e matar. Matar ou morrer. Dois “objetos” luminosos cruzam o palco. Sem ter muitas informações sobre suas naturezas, assistimos a suas passagens fugazes e aparentemente sem sentido. Dois fenômenos que podem apresentar várias cores, que são dependentes de suas velocidades e composições. Rastros, que podem ser designados por persistentes, se tiverem duração apreciável no tempo. E podem apresentar também registro de sons.
Um meteoro é também por vezes designado de "estrela cadente".

LABORATÓRIO CENA CONTEMPORÂNEA
Espetáculo
"Meteoros" (Téspis Cia de Teatro/Itajaí/SC)
Proponente: Téspis Cia de Teatro
Data: 05
Horário: 21h
Entrada: Gratuito (100 pessoas por sessão)
Duração: 50m
Faixa Etária Indicada: acima de 18 anos
Sinopse: Duas personagens que repetem um discurso dado por outros.
Duas pessoas que são portadoras de um ofício terrível. Morrer e matar. Matar ou morrer. Dois “objetos” luminosos cruzam o palco. Sem ter muitas informações sobre suas naturezas, assistimos a suas passagens fugazes e aparentemente sem sentido. Dois fenômenos que podem apresentar várias cores, que são dependentes de suas velocidades e composições. Rastros, que podem ser designados por persistentes, se tiverem duração apreciável no tempo. E podem apresentar também registro de sons.
Um meteoro é também por vezes designado de "estrela cadente".

LABORATÓRIO CENA CONTEMPORÂNEA
Espetáculo
"Esse corpo meu?" (Téspis Cia de Teatro/Itajaí/SC)
Proponente: Téspis Cia de Teatro
Data: 06
Horário: 20h
Entrada: Gratuito
Duração: 55m
Faixa Etária Indicada: acima de 16 anos
Sinopse: O que é feminino? O que masculino? O que é um corpo bonito? O que é ser normal? Esse corpo meu? O espetáculo discute os padrões sociais em que tentamos nos enquadrar todos os dias, para sermos aceitos, para sermos felizes. Dentro de uma linguagem performática, onde várias cenas são apresentadas sob forte impacto musical para formar um conjunto, a peça que investe no trabalho corporal dos atores e tem textos apenas em off, desfila, de uma maneira bem humorada, um panorama de conflitos sobre padrões de gênero, de beleza, de moda e do que sobra afinal, de original, em cada um de nós.

Espetáculo BEE GESS & QUEEN
Proponente
: BASE Entretenimento
Data: 09
Horário: 20h30
Entrada: R$ 40,00
Duração: 2h
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: O maior tributo do BEE GEES & QUEEN da América Latina, em Itajaí.
Um concerto épico!
A banda impressiona o público pela fidelidade no som e na presença de palco. O grupo hermano se destacou e hoje é o maior tributo do BEE GEES & QUEEN em toda América Latina.


ESPETÁCULO AMIGOS DA DANÇA
Proponente
: Associação Amigos da Dança
Data: 10
Horário: 21h
Entrada: R$ 20,00 (venda antecipada e na doando 01 quilo de alimento para meia entrada)
Duração: 1h
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: O espetáculo consiste na apresentação de mostras de dança em diversas categorias e gêneros, onde a escola apresenta os trabalhos artísticos desenvolvidos no primeiro semestre..

LANÇAMENTO DO DVD ROCK RURAL DA BANDA EXPRESSO RURAL
Proponente:
Hildo Rocha Neto
Data: 12
Horário: 19h
Entrada: R$ 60,00
Duração: 1h30
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: Nos idos de 1983, Daniel Lucena acreditava que a falta do verde faria chover pra cima. Criou o hipotético mundo de “Sol de Sonrisal” —rios pedem água, nuvens de aço soltam pingos de metal e luzes de n [...] Veja mais em: http://ndonline.com.br/florianopolis/plural/288046-expresso-rural-completa-35-anos-com-show-em-florianopolis-que-marca-o-primeiro-dvd.html.

MONÓLOGO A RAINHA DO RÁDIO
Proponente:
SUBJÉTIL COMUNICAÇÃO E PRODUÇÃO CULTURAL
Data: 18
Horário: 20h30
Entrada: R$ 40,00
Duração: 70m
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: Depois de quase quarenta anos na estrada com produção inclusive no cinema, o espetáculo teatral “A Rainha do Rádio” vai desembarcar em Santa Catarina. Escrito por José Saffioti Filho em 1976, conta com a direção geral do renomado Gil Guzzo – paulista radicado em Florianópolis, e tem no elenco a atriz e idealizadora do projeto Mariane Feil, o figurinista José Henrique Beirão, e o gaúcho Régius Brandão – convidado para as vozes.
A peça conta sobre a radialista Adelaide Fontana, que demitida após 25 anos de casa, quando comandava o “Suspiros ao meio-dia”, resolve invadir e se trancar no estúdio da Rádio Esperança para fazer um programa especial. Ambientado em 1974, tempo de ditadura militar brasileira e repressão aos meios de comunicação e às manifestações artísticas, entre sucessos musicais, ela revela aos ouvintes com humor e ironia os reais motivos de sua saída.

MALÉVOLA
Proponente
: IPC PRODUÇÕES E ESCOLA DE ATORES ARTE IN CENA LTDA
Data: 19
Horário: 18h
Entrada: R$ 40,00
Duração: 50m
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: MALÉVOLA, baseado no clássico conto de A Bela Adormecida e no filme Malévola, a produção teatral traz a temida vilã e sua verdadeira história. Traída por Stefan que cortas suas asas para conseguir se tornar rei, Malévola prepara a sua vingança atingindo a recém-nascida Aurora.

Stand Up Comedy MATHES CEARÁ
Proponente
: Ulisses Henrique Pavesi / Agência HAUSEN
Data: 20
Horário: 20h
Entrada: R$ R$ 60,00 Inteira R$ 30,00 Meia
R$ 40,00 Promocional levando 1kg de alimento
Duração: 70m
Faixa Etária Indicada: acima de 14 anos
Sinopse: Matheus Ceará é o típico matuto do nordeste brasileiro que conquista a simpatia de todos ao ver as desgraças de seu dia-a-dia com bom-humor. É também o nome artístico de Matheus Martone, nascido em Fortaleza – Ceará, daí o apelido de infância. Aos oito anos de idade, Matheus mudou-se para a cidade de Itobi, no interior de São Paulo, onde começou a imitar os amigos e professores da escola. Percebendo o seu potencial para a carreira artística, Matheus lançou, aos 14 anos, seu primeiro show de piadas, “A Boca do Riso”. Como tinha vergonha de subir ao palco de cara limpa, adotou a indumentária comum do caipira nordestino, surgindo, assim, o personagem Matheus Ceará.
Em agosto de 2010, ganha projeção nacional ao participar e vencer o concurso “O mais novo humorista do Brasil”, no programa “Tudo é Possível”, de Ana Hickmann, na Record. Dois meses se passaram e logo Matheus Ceará ganha o concurso “Quem chega lá”, do “Domingão do Faustão”, na Rede Globo.
Hoje, contratado no SBT, o humorista compõe o elenco fixo de “A Praça É Nossa” contracenando ao lado de Carlos Alberto de Nóbrega. Matheus Ceará se destaca com sua apresentação durante 6 semanas seguidas. O programa é o segundo com a maior audiência da emissora. Alcançando picos de 14 a 16 pontos de audiência. (1 milhão de telespectadores*). Matheus Ceará viaja pelo Brasil com o seu show de humor com uma média de 5 mil espectadores por mês.

NEM TE CONTO” – Déte Pexera
Proponente
: Luís Henrique Vieira Dalcastagnê (Luke/Rizzih Produções)
Data: 24
Horário: 20h
Entrada: R$ 40,00 ou R$ 20,00 + 1 litro de leite que será doado para uma entidade carente da região.
Duração: 1h15
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: Em “Nem Te Conto”, Déte Pexera, a típica mulher litorânea catarinense, divide com o público experiências da sua vida. Desde a criação, ajudando a mãe com os trabalhos na pesca; a juventude com as irmãs dançando nas noites dominicais do Tiradentes e demais casas noturnas da região até o casamento com o pescador de Penha e a gravidez de suas duas filhas. Com um texto nada raso, porém extremamente divertido, a personagem proporciona uma forte experiência de identificação. Nós mesmos, nossa mãe, nossas tias ou a vizinha do lado: todos nós temos ou conhecemos um pouquinho de Déte.


PAIXAO DE CRISTO
Proponente:
Grupo Cênico Texto Base
Data: 25
Horário: 18h
Entrada: R$ 10,00
Duração: 1h
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: Todos os anos, a partir da quarta-feira de cinzas, os cristãos de todo o Brasil se une na caminhada rumo a Jerusalém, para a Páscoa do Senhor. Assim também o Grupo Cênico Texto Base vem realizando a encenação da Paixão e Morte de Jesus Cristo. Este trabalho realizado por atores amadores esta na sua vigésima terceira edição, Destacando-se por ser um espetáculo de rua com grande participação popular. Buscando aprimorar o espetáculo, optou este ano de 2016 em realizar o espetáculo no Teatro Municipal um desafio a mais para o Grupo.

WHINDERSSON NUNES
Proponente:
C5 Produções
Data: 26
Horário: 21h
Entrada: R$ 60,00
Duração: 1h
Faixa Etária Indicada: 14 anos
Sinopse: “Um fenômeno da internet” começou quando Whindersson tinha 19 anos e resolveu fazer vídeos para postar em seu canal no Youtube. Sua esperança era conseguir apenas algumas curtidas e o que aconteceu foi uma avalanche, o sucesso foi tanto que explodiu, e daí não parou mais. Em algumas semanas o comediante se transformou num nome incontestável da internet, a seguir partiu para os palcos com um stand up tão fenomenal quanto sua ascensão. Com um pouco mais de seis meses na estrada, o comediante já possui números expressivos com seu espetáculo “Marmininu”, atingindo o surpreendente número de mais de 30 mil espectadores. O espetáculo intercala as canções de sucesso bombadas na internet como “Tão linda” e “Música sem nome” com esquetes de Stand UP comedy em que falam sobre a sua infância, aborda conflitos com a mãe de forma hilária e os medos de um menino do interior ganhando a liberdade. Whindersson, faz referência aos grandes humoristas do norte e nordeste que trouxeram diversão a muitas gerações. Nascido em Teresina no Piauí o humorista surgiu no cenário do humor nacional bem cedo, com 18 anos de idade e em pouco tempo conquistou mais de 3 milhões de seguidores em seu canal do Youtube e a soma de visualizações dos seus vídeos já passam de 300 milhões.

SHOW QUARTETO CORAÇÃO DE POTRO
Proponente:
CTG Cidade do Porto
Data: 31
Horário: 20H
Entrada: R$ 50,00
Duração: 2h
Faixa Etária Indicada: livre
Sinopse: Apresentação musical e instrumental regional gaúcha, quarteto coração de potro, grupo com 8 anos de trabalhos artísticos com jovens músicos serranos e influencia dos costumes da serra catarinense, musicas tradicionalistas, fazem de seu repertorio um sucesso inigualável e inquestionável, na qual se sagraram campeões da sapecada da canção da festa do pinhão no ano de 2015

Espetáculo da Paixão de Cristo será apresentado no Teatro Municipal


A um mês para o espetáculo “Paixão de Cristo” o Grupo Cênico Texto Base intensificou os ensaios da peça que promete emocionar o público contando os últimos passos da vida de Jesus. A apresentação será no dia 25 de março (sexta-feira Santa), às 18h, no Teatro Municipal de Itajaí.

A Paixão de Cristo é uma referência do Grupo Cênico Texto Base, que já apresentou a encenação de diversos formatos diferentes: com caminhadas pelas ruas de Itajaí, no Estádio Dr. Hercílio Luz, nos morros e barracos na Avenida Contorno Sul e na Pista de Atletismo.

“As apresentações na Pista de Atletismo foram as que mais marcaram a trajetória do grupo, tanto pela quantidade de público quanto pela qualidade do espetáculo”, relembra um dos diretores da peça, Alexandre Werner.

Após cinco anos sem realizar a produção, em 2016 o grupo retorna com a sua 23ª apresentação e com o desafio de atrair o público para o palco do Teatro Municipal.

Os ingressos estão à venda na Bilheteria do Teatro Municipal e na secretaria da Paróquia Dom Bosco, por R$ 5,00.



______________

Informações Adicionais:
Grupo Cênico Texto Base
(47) 3348 2728

2/25/2016

Teatro Municipal recebe espetáculo parisiense gratuito


O palco do Teatro Municipal de Itajaí recebe nessa quinta-feira (25) uma apresentação especial. Trata-se da peça “Ce n’est pas Commode”, da Cie à Tiroirs, vinda diretamente da França, pela Rede Sesc de Teatro. A companhia parisiense se apresenta a partir das 20h30. A peça é gratuita e tem 50 minutos de duração.

“Ce n’est pas Commode” conta a história de Béron, um personagem meio fora do comum: meio mágico, meio clown, meio cômoda com gavetas. Por detrás de seus óculos laranja, o personagem tem sempre um truque na manga – ou melhor, mais uma gaveta em sua cômoda. Repleto de poesia e surpresa, a história promete fazer rir e surpreender.

A companhia realiza sua primeira turnê por Santa Catarina, passando pelas cidades de Chapecó, Lages, Florianópolis, Laguna, Joinville, Jaraguá do Sul, e por fim, Itajaí. A peça foi criada pelo ator encarregado do personagem Béron, Olivier Bovet. A orientação artística é de Michel Dallaire.

A Cie à Tiroirs foi fundada em 2008 pela contadora de histórias, cantora e dançarina, Teresa Melo, e pelo palhaço e dançarino Olivier Bovet. O desejo de ambos em espalhar sua arte os levou a criar diversos espetáculos poéticos. Enquanto Olivier trabalha em seus solos usando a técnica desenvolvido por ele, que gira em torno do mau uso de objetos, caixas e gavetas, Teresa trouxe à empresa seu dinamismo e talentos na comunicação, além da musicalidade.


Serviço:
Ce n’est pas Commode, Cie à Tiroirs
Data:
25 de fevereiro
Horário: 20h30
Entrada: Gratuito
Duração: 50 minutos

__________

Informações Adicionais:
Sesc Itajaí
(47)3349-4096